SUEZ Water - Água e tecnologias de água

Fábrica de bebidas se torna líder de mercado na recuperação de água

Processamento de bebidas

Desafio

Fábrica da Coca-Cola em Baltimore, MD
Figura 1: Produção da Coca-Cola
Instalação em Baltimore, Maryland

Em 2012, uma estação de produção de Coca-Cola em Baltimore, Maryland, utilizava um processo de tratamento de água desatualizado. O processo envolvia filtragem direta por berços de areia profundos, tratamento por carvão ativado e um tratamento ultravioleta final. A deterioração dos canais de distribuição municipais de Baltimore resultou no acréscimo de ferro férrico e ferroso na água fonte — e o tratamento ultrapassado não estava pronto para lidar com isso. Desse jeito, a estação preciso passar por tempos de inatividade e paradas nada convenientes. Para resolver a situação, a fábrica decidiu substituir seu processo de tratamento de água por um processo capaz de tratar fontes hídricas de qualquer qualidade.

Solução

Ser líder no setor de recuperação de água virou uma prioridade para a Coca-Cola Baltimore. Como tal, a estação não quer limitar sua atualização operacional à taxa de recuperação de água mínima determinada pela empresa. Para atender a essa prioridade, a SUEZ Water Technologies & Solutions forneceu um sistema de OR Ultra-Low Energy (ULE, ou energia de voltagem ultra baixa). A instalação de Baltimore é formada por duas torres de Carvão Ativado, dois filtros Greensand e três máquinas ULE OR — duas primárias e uma de recuperação. O sistema de ULE da SUEZ comprovadamente oferece não só altos índices de recuperação de água, mas também a economia dos baixos índices de consumo de energia.

Resultado

No momento da atualização da OR, a taxa de eficiência do sistema era de aproximadamente 85%. As taxas de recuperação do projeto inicial eram de 80% para OR primária e 65% para OR de recuperação (RRO). Com o serviço de monitoramento de estação remoto InSight* Pro controlando e otimizando o sistema, as taxas de recuperação aumentaram gradativamente para 88.5% e 91.5%, respectivamente. Os aumentos aconteceram em um período de 1,5 anos, a fim de proteger a integridade da membrana. Os aumentos na taxa de recuperação resultaram em reduções concentradas de fluxo, de 65 galões por minuto (gpm) para 30 gpm na OR primária, e de 50 gpm para 10 gpm na RRO.

Com uma eficiência no sistema de OR de aproximadamente 93%, a estação de produção de Coca-Cola de Baltimore é hoje a melhor dentre todas as estações de bebidas da empresa na América do Norte. Estima-se que 6 milhões de galões de água são economizados por ano devido a atualização de equipamentos e otimização de processos.

As limitações sobre testagem de melhorias em recuperação fizeram como que o processo de aperfeiçoamento fosse bastante longo. Porém, com a ajuda da SUEZ, a Coca-Cola Baltimore atingiu sua meta de se tornar líder no setor de recuperação de água. A SUEZ continua a trabalhar com a estação para aumentar a eficiência da estação como um todo por meio de mudanças na lavagem de OR e na retrolavagem de filtros.