SUEZ Water - Água e tecnologias de água

Instalação de enlatamento reduz a descarga de cloreto em 80%, cumprindo regulamentos municipais estritos.

Alimentos processados e preparados
Desafio

Uma instalação de enlatamento de vegetais sazonais em Wisconsin enfrentava pressão ambiental para reduzir a descarga de cloreto em seus efluentes, que iam para as obras de tratamento de propriedade pública do município (POTW). Os níveis elevados de cloreto eram causados pelo uso de solução de salmoura de cloreto de sódio para regenerar os amaciadores de água que costumam ser usados nesse processo de enlatamento.

Para cumprir os requisitos rígidos da cidade, a empresa precisava de uma solução de tratamento de água que ajudaria a reduzir a descarga de cloreto a níveis aceitáveis.

Solução

Dois projetos foram executados para enfrentar o desafio. O primeiro envolvia o sistema de osmose reversa (OR) antes dos amaciadores, eliminando, assim, a necessidade de regenerar os amaciadores com a solução de salmoura de NaCl. Em vez de enviar água descalcificada para o sistema de osmose reversa, água municipal era alimentada diretamente na OR. Um anti-incrustante da SUEZ — Hypersperse* MDC220 — também foi aplicado à água municipal dura para evitar incrustações e manter eficiente a operação de OR.

Para resolver os requisitos remanescentes de água descalcificada da fábrica, incluindo resfriamento, limpeza e enchimento de vegetais enlatados, o segundo projeto envolvia melhorias no sistema existente de amaciador de água. A SUEZ indicou o cliente à Pargreen Water Technologies, um fornecedor preferencial da SUEZ, para a instalação do sistema de recuperação de salmoura. A Pargreen também forneceu um amaciador de polimento para resolver quaisquer problemas remanescentes de dureza depois do processamento de OR.

Resultado

O impacto total dessas soluções foi tão expressivo que as autoridades municipais elogiaram o cliente pela redução significativa de descarga de cloreto. Os registros do município indicam níveis médios em 2009 de 12.656 ppm cloreto por semana. Os níveis de cloreto caíram para somente 2.442 ppm por semana em 2010 — uma redução superior a 80 por cento. Aqui está uma análise dos benefícios resultantes desses projetos em 2010:

  • Redução de sal – 28,9 toneladas de sal anualmente deixaram de entrar no meio ambiente
    • O projeto de OR reduziu a demanda de água descalcificada em 29 por cento, eliminando 27,1 toneladas de sal.
    • O projeto de recuperação de salmoura diminuiu o sal associado com as necessidades remanescentes de água descalcificada da fábrica em 10 por cento, reduzindo mais 1,7 tonelada de sal.
  • Redução de efluentes – 750.000 galões de efluentes deixaram de entrar no sistema de esgoto municipal
    • O projeto de OR reduziu a quantidade de efluentes que iam para o esgoto em cerca de 250.000 galões
    • O projeto de recuperação de salmoura evitou que outros 500.000 galões de água entrassem no sistema de esgoto municipal.
  • Ecnomias de custos – cerca de US$ 11.000 anualmente
    • Os custos de sal foram reduzidos em mais de US$ 4.600.
  • Os custos com água municipal e com esgoto foram reduzidos em mais de US$ 6400.