SUEZ Water - Água e tecnologias de água

O ABMet da SUEZ faz a remoção de selênio na usina de energia Mountaineer

remoção de selênio

Remoção de selênio

Figura 1: Sistema ABMet na AEP Mountaineer

  • Aplicação: tratamento de efluentes de dessulfuração de gás combustível (FGD) e lixiviados de aterros sanitários
  • Capacidade: 350 gpm de efluentes FGD da estação de tratamento de efluentes (WWTP) mais 250 gpm de lixiviados de aterros sanitários (Total 600 gpm; 136 m3/h)
  • Local: New Haven, Virgínia Ocidental, EUA
  • Data de comissionamento: novembro de 2011

 

Desafio

Devido à crescente preocupação ambiental com relação à descarga de selênio em águas superficiais em Virgínia Ocidental e nas áreas vizinhas, a usina de energia AEP Mountaineer precisava se adequar para cumprir um limite de descarga de selênio como parte da renovação da autorização de 2009 NPDES. Um limite de descarga de 33 partes por bilhão (ppb) foi estabelecido como média mensal para o dreno 001, o ponto principal de descarga da estação. Dos muitos fluxos contribuindo com essa descarga, a purga de FGD e os fluxos de lixiviado de aterros sanitários foram determinados como as fontes primárias de selênio.

Devido à natureza variável do fluxo misturado, qualquer solução de tratamento precisaria manejar variabilidade significativa na vazão e na carga constituinte.

Solução

Seguindo um estudo piloto com bons resultados em 2008, a AEP escolheu a solução ABMet* da SUEZ para cumprir os novos requisitos NPDES (Figura 1). O design da estação atendia ao desempenho garantido de efluentes abaixo para um fluxo combinado de efluentes FGD da estação de tratamento de efluentes e lixiviados de aterros sanitários:

Selênio total <25 ppb

Sólidos em suspensão totais <30 ppm (média mensal)

pH total entre 6 e 9

Antes do tratamento com os biofiltros ABMet, até 350 gpm da purga de FGD da estação eram tratados em uma série de etapas de separação física/química e líquidos/sólidos no FGD-WWTP. Além disso, até 250 gpm do lixiviado de aterros sanitários de um tanque de retenção poderiam se misturar ao FGD da estação de tratamento de efluentes. O fluxo combinado passa então pelas seis etapas da primeira fase dos biofiltros ABMet, de onde flui para mídias ativadas biologicamente e é tratado. Os efluentes são coletados perto do fundo de cada biofiltro por meio de um tubo coletor e bombeados para as seis etapas da segunda fase dos biofiltros para continuidade do tratamento. Os efluentes da segunda fase da biofiltração são descarregados em um tanque antes da descarga final pelo dreno 001.

Um fluxo de resíduos do ABMet é gerado periodicamente para remover sólidos acumulados dos biofiltros. Esse fluxo é redirecionado para o FGD-WWTP existente, no qual sólidos, incluindo partículas de selênio, são separados do fluxo ao mesmo tempo que grande parte dos precipitados gerados pelo processo físico/químico de FGD da estação de tratamento de efluentes. Os sólidos são então desidratados e pressionados em um bolo que é depositado, com segurança, em um aterro sanitário não perigoso.

Resultado

Culturas bacterianas especializadas da SUEZ foram introduzidas no sistema ABMet, depois, elas foram alimentadas com nutrientes de mistura individual da SUEZ como uma fonte de carbono, nitrogênio, fósforo e micronutrientes para as bactérias. O resultado foi uma ação extremamente rápida e eficaz — as concentrações de selênio nos efluentes atingiram os limites garantidos nos sete dias da introdução das bactérias nos biofiltros.

O sistema ABMet atingiu regularmente níveis de selênio inferiores a 10 ppb.

O sistema ABMet também forneceu resultados satisfatórios na remoção de mercúrio e certa redução de nitrito/nitrato.

desempenho operacional

O sistema ABMet está em serviço desde novembro de 2011 e desde junho de 2014 gerou 100% de disponibilidade. A equipe operacional passa aproximadamente 20 horas por semana em atividades de amostragem e O&M, tais como calibração de sonda e limpeza específica do sistema ABMet.

Devido aos desligamentos anuais programados da estação de energia, o sistema ABMet foi desligado por cerca de 3 meses e recolocado em serviço sem impactar negativamente o desempenho do sistema.

Se você gostaria de saber como a SUEZ pode resolver sua conformidade com níveis de selênio e necessidades de tratamento de água, entre em contato com o representante local da SUEZ ou acesse nosso site.