SUEZ Water - Água e tecnologias de água

Remoção de metais pesados

Remover metais pesados de efluentes industriais e municipais para atender a diretrizes para efluentes e manter a conformidade ambiental

Os setores que usam metais pesados em seus processos estão mais preocupados do que nunca com metais pesados tóxicos nos processos de tratamento de efluentes e lodo, e com o impacto que esses metais pesados têm sobre o ambiente e sobre os resultados financeiros. A SUEZ conta com tecnologias patenteadas de última geração que solucionam o problema de metais pesados em áreas de gestão de efluentes e lodo e atendem às diretrizes para efluentes, mantendo a conformidade ambiental e melhorando a eficiência operacional de forma econômica.

Produto em destaque

Soluções de remoção de metais MetClear

Instalações industriais, de produção e municipais podem conter metais tóxicos nos efluentes, impactando os processos downstream, o reuso da água, o meio ambiente e o bem-estar da comunidade local. Alguns desses materiais são: arsênio, cádmio, cobalto, cobre, ferro, mercúrio, níquel, selênio, prata, estanho e zinco.

As soluções do MetClear da SUEZ foram criadas para melhorar a remoção de metais pesados a níveis residuais menores os quais a precipitação de hidróxido tradicional pode não atingir de forma consistente. Esses produtos, associados ao portfólio de floculantes e coagulantes da SUEZ, ajudam instalações industriais e municipais a atingir a concentração que desejam, e a atender a exigências para efluentes cada vez mais rigorosas.

A abordagem de tratamento da SUEZ busca diagnosticar cuidadosamente sua situação e criar uma solução de separação de sólidos e precipitação de metais sob medida.

Características e benefícios

Características e benefícios da retirada de metais pesados

Os produtos para remoção de metais MetClear da SUEZ, associados a auditoria detalhada do sistema, monitoramento e recomendações de aplicação sob medida, oferecem os seguintes benefícios e recursos: 

  • Uma abordagem econômica à retirada de metais pesados comuns em efluentes
  • Mais eficiência na remoção de metais
  • Capacidade de atender, com consistência, às exigências de descarga, ou mesmo de superá-las.
  • Melhoria da imagem ambiental e das relações públicas com comunidades próximas
  • Disponibilidade de assistência técnica e de engenharia a fim de atender às recomendações operacionais e de monitoramento, complementando a solução química em busca de uma solução sólida e completa.
  • Produtos sem NPE

Estudos de caso

Perguntas frequentes

O que são metais pesados?

Metais pesados são contaminantes particulados e solúveis. Os contaminantes na forma de metais pesados mais comuns que penetram efluentes industriais e municipais pelo processo de fabricação e/ou por aditivos do processo são cobre (Cu), prata (Ag), alumínio (Al), arsênio (As), cádmio (Cd), cobalto (Co), cromo (Cr), zinco (Zn), mercúrio (Hg), molibdênio (Mo), manganês (Mn), níquel (Ni), selênio (Se), estanho (Sn), ouro (Au), ferro (Fe) e vanádio (V). Os metais perigosos irão variar de estação para estação.

Quais os efeitos de metais pesados sobre o meio ambiente?

Os metais em fluxos de resíduos não se degradam naturalmente e são tóxicos para a vida aquática, mesmo em baixas concentrações. Os efeitos dos metais pesados sobre o meio ambiente são, dentre outros, possível contaminação de metais particulados na forma de sólidos suspensos que entram nas correntes de recepção, e contaminação de organismos aquáticos no formato solúvel.

Como os metais pesados são retirados da água e dos efluentes?

Os metais pesados são retirados da água e dos efluentes por precipitação química, seguida de uma etapa de separação de sólidos que pode incluir clarificação, flutuação e/ou filtragem.